FLORICULTURA PORTO VERDE

FLORICULTURA PORTO VERDE
PLANTAS, FOLHAGENS, DESIGNER,
PAÍSAGISMO E MANUTENÇÃO DE JARDINS
PORTO ALEGRE-RS.
FONE: 51-34473266
COM: DOLORES/ MARCOS
ATENDIMENTO PERSONALIZADO

29.8.12

hellenabeauty@hotmail.com

Algumas imagens deste blog foram copiadas do google,
do álbum de rosas by Rosana Godói, de meu jardim e da internet em geral.
Se isto causar incômodo para alguém, favor entre em contato:
hellenabeauty@hotmail.com

22.8.12

TULIPAS, REQUINTE E ELEGANCIA


A flor tulipa é chique e elegante, tem um designer único. Existem várias cores: vermelhas, amarelas,brancas, salmon e vários tons de rosas.


As tulipas estão entre as mais requisitadas para decorações em eventos sociais


Não se sabe ao certo de que país são originarias.


Obra-prima da natureza, que beleza!

ROSA VERMELHA, O SÍMBOLO DO AMOR


HORTÊNCIA I


As hortênsias também são conhecidas pelos nomes de  Rosa-do-Japão e Hidrângea. O nome Hortênsia foi uma homenagem a uma francesa do século XVIII, Hortense Lepante, que era esposa de um amigo do naturalista Philibert Commerson, responsável pela introdução da Hortênsia na Europa.



Devido a seu formato, é muito utilizada para decoração.
É uma planta rústica não exige muitos cuidados.
Precisa de um solo rico em matéria orgânica. É uma flor que prefere solos ácidos.
Consegue se desenvolver em solos alcalinos, com menos intensidade nas cores.
Precisa de regas diária no verão, principalmente em época de floração.
A água de chuva, é a melhor água para rega-las.

GARDÊNIA
















Na China, esta flor representava a graça divina, a sutileza e o talento artístico, ao passo que, nos estados do sul dos Estados Unidos, significava hospitalidade. Antigamente, era conhecida conhecida como Capejasmine.  Devido a uma espécie da África do Sul. No século XIX, esta flor era usada pelos cavalheiros em seus trajes. A gardênia é o simbolo da doçura.

CROTON

Lindo e vistoso, o cróton é um belo ornamento para sua casa ou jardim.
Existem vários tipos desta planta, com diferentes cores e formatos
de folhas.
 Originário da Ásia é um arbusto perene que em sua fase adulta,
pode chegar a medir 3.0 metros de altura. Se desenvolve muito bem em clima equatorial, tropical e sub-tropical.
O cróton é uma folhagem resistente ao sol, mas não tolera geada e seca, como toda planta, necessita de cuidados, água e bom solo. Quando adulto, se transforma em uma árvore linda e exótica.
Pode ser cultivado em vasos e em  interiores.
Nome científico: codiaeum variegatum
Nome popular: cróton, folha-imperial e louro variegado.  




Plantas que resistem ao sol


 Zínias, margaridas e cravos resistem bem ao sol, mas não resistem a seca.
Mas se você prefere plantas que toleram bem a seca, musgo, sálvia e verbena, é uma ótima opção.
Ópte por árvores pequenas tipo: citros, figo, magnólia, cereja ou pêra e árvores ornamentais.
Acácia, eucalipto, figo e nogueiras são grandes, boas para áreas quentes e também são resistentes à seca.

ANTÚRIO VERMELHO, LINDO!!!

A planta certa, para ambientes internos.
Em um belo arranjo ou plantado numa jardineira,
fica lindo e elegante em casa ou no escritório.

LIBERDADE



Liberdade, não tem preço!
Livre para voar,
Livre para amar,
Livre para se expressar,
Livre para copiar,
Livre para imitar,
Livre para sorrir.
Livre para chorar,
Livre para viver,
Livre para gritar:
Sou feliz, só quero paz!

OLEANDRO E MAMONA (tóxicas)



Oleandro
Família: Apocynaceae.
Nome científico: Nerium oleander L.
Nome popular: louro rosa.
Parte tóxica: todas as partes da planta.
Princípio ativo: glicosídeos cardiotóxicos

Mamona
Família: Euphorbiaceae.
Nome científico: Ricinus communis L.
Nome popular: carrapateira, mamoneira ,ricino, palma-de-cristo, carrapato, mamona.
Parte tóxica: sementes.
Princípio ativo: toxalbumina (ricina).

CALLADIUM (tóxica)



Caladium
Nome científico: Caladium bicolor Vent.
Nome popular: tajá, taiá, caládio
Família: Aráceas.
Nome científico: Caladium bicolor Vent.
Nome popular: tajá, taiá, caládio.
Parte tóxica: todas as partes da planta.
Sintomas: a ingestão e o contacto podem causar sensação de queimação, edema (inchaço) de lábios, boca e língua, náuseas, vômitos, diarréia, salivação abundante, dificuldade de engolir e asfixia; o contato com os olhos pode provocar irritação e lesão da córnea.
Princípio ativo: oxalato de cálcio.

CAMÉLIAS

As camélias são flores lindas! A espécie das camélias possui mais de 80 tipos, e são flores típicas de  vários lugares do mundo. As camélias vermelhas são flores que saem em arbustos de porte médio. Possuem um suave perfume e suas folhas são utilizadas como chá. Suas sementes são usadas para fazer combustível.




camelia-vermelha-10OLYMPUS DIGITAL CAMERA
camelia

ANTÚRIO CRISTAL


anturium-cristal

Nome científico: Anthurium cristallinum.
Família: Araceae.
Nome popular: antúrio-cristal.
Originário da Colômbia e do Peru, o antúrio-cristal foi muito explorado pelos paisagistas anos atrás, mas caiu no esquecimento.
Na Europa, ele é muito cobiçado por colecionadores de plantas ornamentais.
A espécie é uma herbácea ereta, perene, entouceirada que atinge de 0,50 a 1,20 m de altura e tem como principal atrativo a folhagem.
As folhas são verde-escuras, vistosas, rijas, aveludadas com nervuras brancas, que conferem um belo efeito.
O antúrio-cristal pode ser cultivado em vasos, em jardins internos e em maços em áreas de meia-sombra e sombra.
Esta planta precisa de solos porosos, ricos em matéria orgânica e umidade do ar elevada. No entanto, não  tolera geadas.
Multiplica-se por estacas do caule e sementes.
Deve ser cultivado a meia-sombra ou sombra, em solo fértil, com irrigação periódica e alta umidade. Não tolera baixas temperaturas e adapta-se melhor ao clima tropical.
Propagação: multiplica-se por estacas e sementes.
Usos: cultivada em grupo  ou isolado em jardineiras.

2.8.12

ANTÚRIO

Antúrio, majestoso e muito lindo dentro e fora de casa.
Exitem cores variadas, como rosa, branco, vermelho, salmon,
preto-azulado e outras que eu desconheço, existe também o
antúrio que não dá flores, somente folhagem.
Esta planta não resiste ao frio extremo, mas necessita de uma boa umidade.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

ALISSO

                Alisso, delicada  mas resistente



                            

DIEFFEMBACHIA

 Dieffembachia, linda, ornamental e tóxica.
 Não suporta bem o frio, suas folhas amarelam e murcham no
inverno, no verão  precisa ser regada duas à três vezes por semana
Éuma planta ornamental,
conhecida popularmente
como uma folhagem contra olho-gordo.
Na boca do povo e a famosa
"comigo-ninguém pode".
Tome muito cuidado ao manusea-la,
é linda, mas é tóxica.